quinta-feira, 16 julho(38)99114-1908

Concurso do Censo adiado: IBGE vai devolver dinheiro de quem fez inscrição em Minas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta quarta-feira (25) que vai fazer o reembolso da taxa de inscrição de todos os candidatos que fizeram inscrição para trabalhar no Censo 2020.. A coleta dos dados foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus.

Em Minas Gerais, 22 mil vagas temporárias estavam sendo oferecidas, com remuneração de até R$ 4,5 mil. No Brasil, eram 200 mil postos de trabalho aberto. Como o Censo não ocorrerá no prazo definido, o IBGE optou por devolver os valores referentes às inscrições – R$ 35,80 para as funções de nível médio e de R$ 23,61 para recenseador.

“O IBGE e o CEBRASPE estão trabalhando em conjunto para viabilizar o ressarcimento dos valores pagos pelas inscrições com a maior brevidade possível”, declarou o instituto por nota. A princípio, a data prevista para o reembolso é dia 18 de maio. O valor será disponibilizado nas agências do Banco do Brasil.

“Reiteramos que todos os candidatos/pagantes serão integralmente ressarcidos, e as orientações para o recebimento dos reembolsos serão amplamente divulgadas a todos por e-mail e nas páginas oficiais e demais canais de comunicação do IBGE e do CEBRASPE”.

Concurso

No total, eram 5.462 vagas para agente censitário municipal, com salário de R$ 2.100, e 22.676 vagas para agente censitário supervisor, que vai receber R$ 1.700 por mês. No Estado, eram 230 postos para agente censitário municipal, 2.950 para agente censitário supervisor e recenseadores. Para esse último cargo, o salário seria por produtividade, de acordo com o número de domicílios visitados e entrevistas feitas com os moradores.

 

Fonte:Hojeemdia.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo não pode ser reproduzido sem permissão do Administrador