terça-feira, 15 outubro(38)99114-1908

Hospital de Januária consegue alvará e cirurgias eletivas podem ser retomadas, após TAC com MP

Município assinou TAC em maio de 2019 — Foto: Prefeitura de Januária / Reprodução

O secretário de Saúde, Deyvison Dias, explica que os procedimentos devem começar a ser feitos no fim de outubro/início de novembro, já que é preciso estruturar a escala de profissionais e verificar a complexidade das cirurgias que estão na fila do Sistema Único de Saúde.

“O bloco está fechado há aproximadamente 13 anos. Nesse período, apenas em meados de 2014, esteve em funcionamento pleno. Por isso, a fila é grande”, fala o secretário. A estimativa do município é de que pelo menos mil pacientes estejam aguardando por procedimentos eletivos.

O secretário ainda afirma que, apesar da interdição do bloco, alguns procedimentos de emergência eram realizados, desde que não houvesse a possibilidade de transporte para outras unidades e com a autorização da Gerência Regional de Saúde. Ele cita casos de pessoas atingidas por tiros e de mulheres em trabalho de parto e já em período expulsivo dos bebês.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo não pode ser reproduzido sem permissão do Administrador