sábado, 10 abril(38)99114-1908

Obras liberadas: Arena MRV, do Atlético, é aprovada pelo COMAM

Em votação, clube conseguiu a Licença de Implantação do novo estádio

20/12/2019 – 16h
aren MRV 1Arena MRV foi aprovada! Terraplanagem começará em janeiro de 2020 (Foto: Divulgação)

O Conselho Municipal do Meio Ambiente (COMAMaprovou por unanimidade, com 13 votos, a Licença de Implantação da Arena MRV e liberou o início das obras para a construção do estádio do Atlético. A votação ocorreu na tarde desta sexta-feira, na Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Agora, a empreiteira responsável pela construção poderá levar as máquinas para o local, no bairro Califórnia, e iniciar a terraplanagem. De acordo com o clube, o processo começará em janeiro de 2020.

De acordo com Bruno Muzzi, CEO da Arena MRV, a terraplanagem de um milhão de metros cúbicos deverá ser feita em um período de cerca de seis meses. Durante esse período, o clube tentará conseguir na prefeitura o alvará de construção para seguir com o cronogram das obras.

“Depois da Licença de Implantação, a gente vai ter a autorização para movimentação de terra. Vamos colocar máquinas na arena e fazer a terraplanagem, movimentação na terra. Temos um milhão de metros cúbicos para fazer de terraplanagem. São 500 mil metros cúbicos de corte e 500 mil metros cúbicos de aterro. Após a Licença de Implantação, vamos fazer a solicitação do alvará. É um processo que precisa ser cumprido na prefeitura também. Normalmente são seis meses para que, efetivamente, a gente possa fazer a construção mesmo. A gente não deve atrasar muito, porque o tempo da terraplanagem com o alvará deve ser o mesmo”, disse.

Atrasos

Na noite de 18 de setembro de 2017, o Conselho Deliberativo do Atlético aprovou a venda de 50,1% do Diamond Mall, shopping localizado na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O dinheiro da venda proveniente do negócio permitiu o pontapé inicial ao processo de construção da sonhada Arena MRV.

Inicialmente, a perspectiva era de que a construção começasse em março ou abril de 2018. Se a previsão se confirmasse, o estádio seria inaugurado no final de 2020. O processo burocrático de aprovação do efetivo início das obras, porém, não transcorreu como o esperado.

Durante os dois anos desde a aprovação, o projeto passou por mudanças e precisou se adaptar a exigências locais. Com a aprovação de todas as licenças, o clube pode, enfim, iniciar a construção de seu estádio.

Arena MRV, do Atlético, está orçada em R$ 460 milhões – incluindo-se o valor estimado do terreno (R$ 50 milhões), doado pelo conselheiro do clube Rubens Menin. O restante do valor será bancado dessa forma: R$ 250 milhões (venda de 50,1% do Diamond Mall), R$ 100 milhões (venda de cadeiras cativas) e R$ 60 milhões (venda de naming rights). Veja a seguir o custo para construção ou reforma dos estádios que recentemente passaram por obras no Brasil. Os valores são os da época em que foram divulgados.

Dinheiro rendendo

O Atlético vendeu 50,1% o shopping Diamond Mall por R$ 250 milhões, mas ainda não teve acesso ao dinheiro. No acordo com a Multiplan, ficou definido que o clube receberia o montante apenas quando as obras começassem. O dinheiro que o Atlético vai receber hoje está em torno de R$ 300 milhões por causa da correção monetária.

A Arena MRV

Segundo o Atlético, a capacidade do estádio será de 46 mil torcedores. A obra foi orçada em R$ 410 milhões, sem contar o valor do terreno (R$ 50 milhões), fruto de doação da MRV Engenharia.

Além do valor da venda de parte do Diamond, outros R$ 160 milhões serão conseguidos por meio de naming rights (R$ 60 milhões da MRV Engenharia) e venda de cadeiras cativas (R$ 100 milhões, com 60% já garantidos pelo Banco BMG).

Fonte: uai.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *