domingo, 25 julho(38)99114-1908

Preliminares decisivas

Atlético e Cruzeiro jogam nesta quarta-feira buscando paz para o clássico

06/11/2019 – 16h10
pkds

Clássico do próximo domingo, às 16h, no Mineirão, pela 32ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, já movimenta a rivalidade entre Atlético e Cruzeiro. Mas antes de se enfrentarem, os dois clubes fazem confrontos não menos importantes nesta quarta-feira, pois na briga para abrir distância da zona de rebaixamento, todo jogo é decisivo.

O Galo entra em campo antes pela 31ª rodada. A partir das 20h recebe o Goiás, em partida que foi tirada do Independência pela diretoria e levada para o Mineirão. Vencer é fundamental para que o time de Vagner Mancini possa ter tranquilidade na sequência do Brasileirão.

Com os três pontos, o Atlético chega aos 39 e com certeza abrirá ainda mais vantagem em relação à zona de rebaixamento, que hoje está a cinco de distância, e ganhará tranquilidade para dois jogos como visitante que, se não vencer nesta quarta-feira, serão confrontos ainda mais diretos contra a degola. Isso porque, após o clássico do próximo domingo, contra o Cruzeiro, às 16h, no Mineirão, a equipe alvinegra, no dia 16, vai enfrentar o Fluminense, às 19h, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

A obrigação de vitória do alvinegro é proporcional ao tamanho da dificuldade do jogo. O Goiás é um dos melhores times deste returno, com a quarta campanha, ao lado do Santos, tendo conquistado 21 dos 33 pontos disputados. Só como comparação, o Galo somou 9 pontos nas mesmas 11 rodadas.

CRUZEIRO
O desafio cruzeirense é ainda maior que o atleticano. O time de Abel Braga encara nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, uma das sensações do futebol brasileiro na temporada, o Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil e que neste momento ocupa a sexta colocação no Campeonato Brasileiro.

A esperança celeste vem do bom desempenho da equipe como visitante sob o comando de Abel Braga, o que era um drama com Mano Menezes, principalmente, mas também com Rogério Ceni.

Dos 14 pontos que o Cruzeiro conquistou sob o comando do atual treinador, sete foram em casa e outros sete fora. A diferença é que o time disputou um jogo a menos como visitante, o que faz o aproveitamento longe de Belo Horizonte, com Abel, ser de 58,33%, contra 46,66% no Mineirão.

Os dois jogos são complicados e o desempenho neles definirá o tipo de pressão que Atlético e Cruzeiro carregarão para o clássico que disputam no próximo domingo, no Mineirão.

Fonte: onorte.net

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *