sábado, 24 julho(38)99114-1908

Unimontes pede R$30 milhões e quer medicina veterinária

pliReunião aconteceu para decidir quais serão as medidas a serem tomadas — Foto: João Marcos/Divulgação

 A Universidade Estadual de Montes Claros solicitou aos deputados e senadores mineiros a destinação de R$30 milhões em emendas parlamentares a serem usadas em várias demandas, como a implantação do curso de Medicina Veterinária em Janaúba; reformulação do Pronto-Socorro do Hospital Universitário, além de uma área de piscicultura no campus de Montes Claros. A intenção é inserir emendas no orçamento da União de 2020. Cada um dos 53 deputados federais e três senadores tem direito a R$15 milhões de emendas por ano, o que dá um total de R$840 milhões por ano e que se transforma em R$3,360 bilhões no mandato de quatro anos. Além disso, alguns deles receberam uma emenda especial de R$10 milhões.

Em visita ao Congresso Nacional na quinta-feira, o reitor Antônio Alvimar Souza entregou aos parlamentares o documento “Portfólio de Demandas para Emendas Parlamentares – Unimontes 2019/2020”. Ele esteve acompanhado pelo pró-reitor de Planejamento, Gestão e Finanças, professor Aloysio Vieira; pelo assessor de Gestão Estratégica e Inovação, Otávio Braga; e pelo chefe do escritório de Representação da Unimontes (ERU) em Belo Horizonte, Anderson Luiz Siqueira. Nas visitas aos gabinetes dos deputados federais e senadores, o professor Antônio Alvimar ressaltou a proposta da instituição em ampliar as ações na sua área de abrangência, que corresponde a praticamente a 40% do território mineiro, alcançando cerca de 2 milhões de pessoas.

Ele destacou a importância da parceria e do apoio dos parlamentares mineiros, no propósito de assegurar os recursos para o atendimento às reais necessidades da Universidade na melhoria da prestação de serviços às populações das áreas onde atua: Norte de Minas, Vales do Jequitinhonha e do Mucuri e o Noroeste do estado. O portfólio contém as demandas para as áreas de ensino, pesquisa, extensão e prestação de serviços. Ao todo, são 39 pontos que vislumbra a possibilidade de investimentos da ordem de R$30 milhões nos diversos setores da Unimontes e no Hospital Universitário Clemente de Faria. Dentre as áreas estão infraestrutura (reformas e construções), aquisição de equipamentos e material de consumo. As propostas contemplam tanto o campus-sede como as demais unidades da Unimontes.

Há também a proposta de utilização de espaço verde no campus-sede para a implementação de um projeto específico para estimular a ampliação da produção aquícola e pesqueira de forma sustentável, bem como preservar a biodiversidade como berçário para a reposição de peixes nativos da bacia do Rio São Francisco. No Hospital Universitário, o destaque do documento é para a demanda de reforma e melhoria do Pronto-Socorro. Entre outras ações inseridas no documento entregue a cada deputado e senador, foi elaborado o projeto para a melhoria da infraestrutura tecnológica do campus-sede e a ampliação da área administrativa da instituição.

O documento contempla, ainda, o projeto de ampliação de cursos da Unimontes. Neste sentido, uma das demandas é a emenda ao Orçamento da União que propõe a destinação de recursos para a construção do Hospital Veterinário no Campus Janaúba. O objetivo da obra é garantir o suporte à implantação do curso de graduação de Medicina Veterinária, além de garantir verbas necessárias para o asfaltamento de via de acesso interno do Campus de Janaúba.

Fonte: gazetanortemineira.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *