sexta-feira, 17 janeiro(38)99114-1908

Vacinas contra gripe e febre amarela têm público ampliado

Dose contra influenza será dada para quem tem mais de 55 anos

07/01/2020 – 10h10

Fique atento. Doses da febre amarela já estão disponíveis nos postos; a da gripe será dada na campanha — Foto: Rodrigo Nunes/MS

A partir deste ano, o Ministério da Saúde amplia o público prioritário das vacinas contra a gripe (influenza) e a febre amarela. A primeira, antes destinada a pessoas acima de 65 anos, agora será oferecida para todos que têm 55 anos ou mais. Já a imunização contra a febre amarela volta a ter uma dose de reforço, desta vez para crianças. Além da imunização aos 9 meses, elas também deverão tomar a vacina aos 4 anos.

O objetivo da ampliação, no caso da gripe, é elevar o público prioritário, beneficiando, assim, um maior número de pessoas e, consequentemente, reduzindo o número de internações e de mortes decorrentes da doença. Em relação à febre amarela, a segunda dose será necessária para garantir a proteção. “O reforço da imunização contra a febre amarela aos 4 anos ocorre devido ao fato de as crianças, aos 9 meses, não criarem anticorpos de forma tão intensa quanto os adultos ao receberem vacinas. Assim, a criança que tiver tomado a dose aos 9 meses e, posteriormente, aos 4 anos, estará completamente imunizada”, afirmou a diretora de Vigilância de Agravos Transmissíveis da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Janaína Almeida.

Ela explica que o adulto que já tomou uma dose da vacina, por possuir maior capacidade de criação de anticorpos, não necessita de outra dose para ser considerado imunizado. “O sistema imunológico das crianças está em formação até os 2 anos, por isso a necessidade das vacinas após essa idade. Já para as que têm mais de 2 anos e para os adultos, como o sistema imunológico delas já está plenamente formado, responderá adequadamente às vacinas”, pontuou a diretora.

Datas

Segundo a SES, a vacina contra a febre amarela para crianças de 4 anos foi incluída no Calendário Nacional de Vacinação do SUS e já está disponível em todas as salas de vacina de Minas. Já a vacina contra a influenza será oferecida durante o período de campanha, que deve ocorrer em abril.

Em Minas Gerais, a estimativa é que 261.657 crianças de 4 anos tomem a segunda dose da febre amarela. Contra a gripe, a população de pessoas de 55 a 59 anos é de 932.781. A vacina contra influenza é feita com vírus inativado, sem capacidade de causar a doença. A proteção é garantida em cerca de 70% dos casos. Já contra a febre amarela, a eficácia gira em torno de 95%.

Relembre

Reforço. Em abril de 2017, seguindo recomendações internacionais, o governo dispensou a dose de reforço da febre amarela, tomada após dez anos da primeira aplicação.

Fonte: otempo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo não pode ser reproduzido sem permissão do Administrador